quarta-feira, janeiro 21, 2009

Hora do almoço




Mas acho que é mesmo hora do jantar. A não ser que seja domingo, e o pai não esteja trabalhando.
Fui criado tendo que me sentar à mesa pra almoçar, tomar café da manhã, da tarde e jantar. Não podíamos fazer o prato e ir para o sofá ver TV, por exemplo. Era mais bacana assim. Hoje há tanta pressa, desencontro de horários e distração, que raramente famílias se reunem assim. Pena.
Fiz esse desenho para um teste. Nem sei se podia colocá-lo aqui.

Um comentário:

A FANTÁSTICA FÁBRICA DE SONHOS ILUSTRADOS disse...

Gilberto esse ficou PANCADA mesmo!Passa bem o clima e é isso que( acho) que interessa! Alegria na família!!Parabéns! Pois é, essa pressa nos contamina a alma, correria pra tudo. As crianças estão adrenalisadas e não curtem os momentos que nós curtíamos!! Pode ser nostalgia mas eu lembro claramente que eu via sessão da tarde relaxado no chão da sala, hoje vejo meus sobrinhos "alucinados" no bom sentido com tanta informação e se vc perceber os desenhos estão mais rápidos, as falas mais eletrizantes. Ngm come mais sentado à mesa. Aqui ainda temos esse hábito nos almoços domingueiros mas os moleques..VIXI... sempre correndo!
Não adianta nos chamarem de desatualizados mas eu não consigo acompanhar esse pique, parece que o mundo foi ligado em 220wts.
Belo trabalho então, o seu, passou uma alegria familiar maravilhosa!!
Vc sabe que o blog do André Toma me passa essa paz tbm?...já falei isso pra ele e vc me passa uma coisa meio ZEN ...sério!!

ABRAÇOS!!