quinta-feira, fevereiro 05, 2009

Urgentemente

É urgente o amor.
É urgente um barco no mar.

É urgente destruir certas palavras,
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos,
muitas espadas.

É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras.

Cai o silêncio nos ombros e a luz
impura, até doer.
É urgente o amor,
é urgente
permanecer.

Eugénio de Andrade

Creio que seja um autor português. Retirei do blog de Antonio Almeida(que é português): http://palavrasdecorredor.blogspot.com/

Sou uma pessoa tranquila, mas às vezes tenho esse sentido de urgência forte. Parece-me que a vida é muito breve e a distribuição de tempo não muito justa comigo, já que tenho muitos interesses. Quero sempre ler um pouco mais, desenhar um pouco mais, correr um pouco mais, saber um pouco mais... Bom, não sou sempre assim, na verdade. Às vezes também sou preguiçoso, quero ficar parado, sem fazer nada, ou simplesmente dormindo. Mas mesmo aí, quero mais, kkkk

Um comentário:

A FANTÁSTICA FÁBRICA DE SONHOS ILUSTRADOS disse...

Gilberto, texto lindo do Eugênio.
No mundo de hoje é URGENTE O AMOR...MESMO!!E PRINCIPALMENTE INVENTAR A ALEGRIA!!
Estamos precisando rir mais. De nós mesmos, de qlq bobeira, de tudo.
Sou exatamente como vc, URGENTE pra tudo. Sempre tentando tirar o pai da forca(KK)mas tem momentos que cansa essa pressa e desde os 40 estou tirando o pé do acelerador aos pouco, mas nunca a menos de oitenta KKKK. Pra quem ama motos e já teve algumas, a velocidade coça!!!KKKKKKKKKKKKKK

FORTE ABRAÇO!!

ÓTIMO DOMINGO