sábado, maio 30, 2009

A função da arte


A mente humana é um milagre - Osho
"A mente é um mecanismo tremendamente valioso, um dos maiores milagres na biologia, na evolução do homem. A mente é simplesmente inacreditável, a maneira como ela funciona...


A existência não foi capaz de criar algo maior que a sua mente. O seu funcionamento é tão complexo que deixa perplexos os maiores cientistas. Ela administra todo o seu corpo que é um sistema muito complexo. Quem cuida para que uma certa parte de seu sangue vá para o cérebro? Quem cuida para que parte de seu alimento se transforme em ossos, se transforme em sangue, se torne pele? Quem cuida para que parte de sua pele se torne unhas, que parte de sua pele se torne olhos e orelhas? Certamente você não está administrando isso, e eu não vejo qualquer outro administrador por perto. Assim, primeiro você tem que estar agradecida à mente...

Você tem que decorar a sua mente com poesia, com música, com arte, com ótima literatura. O seu problema é que a sua mente está cheia apenas com coisas corriqueiras. Essas coisas medíocres circulam pela sua mente de maneira que você não consegue amá-la. Você não pensa em alguma coisa que seja grandiosa. Coloque-a em sintonia com os grandes poetas, coloque-a em sintonia com pessoas como Fyodor Dostoievski, Leon Tolstoi, Anton Chekov, Turgenev, Rabindranath, Kahlil Gibran, Mikhail Naimy, preencha-a com as maiores alturas que a mente já alcançou.
E à medida que essas coisas começam a se transformar em picos mais altos, além da mente, você estará descobrindo novos mundos, novos universos para os quais nós nem mesmo temos nomes. Nós podemos dizer felicidade, êxtase, iluminação, mas nenhuma palavra descreve isso verdadeiramente. Está simplesmente fora do poder da linguagem reduzir isso em explicações, em teorias, em filosofias. Isso está simplesmente além... Mas a mente se alegra em sua transcendência. "
Texto extraido de resposta dada por Osho a uma discípula. Esses dois últimos parágrafos dizem simplesmente que, para transcendermos a mente (vulgo Iluminação) devemos cuidar bem de nossa mente, amá-la, enfeitá-la. Não devemos lutar com ela para ir além. Talvez seja essa a função maior da arte em geral: ajudar a todos nós a alcançarmos esse estado em que nos tornamos mais que um corpo carregando uma mente.

4 comentários:

Palavras de Osho disse...

Belíssimo texto!

Eric Vanucci disse...

Belo post! Adorei texto e desenho! Gostei do desenho da moça no post anterior! Parabéns!

CELSO MATHIAS disse...

PERFEITO GILBERTO!
ABRAÇOS!!

CELSO MATHIAS disse...

Gilberto,
Houve um erro na digitação da url..ja consertei!!
Abraços e obrigado