sexta-feira, julho 03, 2009

Às vezes, uma coleira...


Estar conectado o tempo todo pode se tornar um grande vício. Agora nem tanto, mas ha pouco tempo atrás, não deligava o celular nem pra dormir.
Tempos modernos, me pego pensando no tanto que nossa vida mudou com a tecnologia. Alguém aí se lembra como era difícil fazer um interurbano em um orelhão? Tentávamos colocar as fichas (lembra delas?) mais rápido do que acabavam, a fim de não perder a ligação. Era hilário, na maioria das vezes.

2 comentários:

CELSO MATHIAS disse...

KKKKK MUITO BOM ESSE SEU CELULAR!

NOSSA MÃE! COMO ERA DIFÍCIL, MAS NGM MORREU NÉ? PELO CONTRÁRIO, VIVEMOS COM ESSE BICHINHO NAS MÃOS! CARA, EU ODEIO CELULAR, N SEI NEM PQ TENHO UM KKKKK...

PODEM ME CHAMAR DO QUE QUISER MAS A TECNOOLOGIA ESTA ACABANDO COM A RELAÇÃO HUMANA, OU MELHOR...MUDANDO...O JEITO COMO SE ENTENDEU ATÉ HOJE UM ABRAÇO!

BOM...UM FORTE ABRAÇO PRA VC..AINDA QUE VIRTUAL MAS DE CORAÇÂO

ALEX MAGNO-ENJOY ART disse...

Fala meu véio,
também gostei muito desse celular, show!!E concordo com nosso amigo!!Também odeio maquinas(ou elas me odeiam)mas fazer o que se o genio já saiu da garrafa; não é mesmo!!!
Abração meu brother