quarta-feira, novembro 30, 2011

Processo de HQ




2 comentários:

Eduardo Schloesser disse...

Você está indo muito bem na elaboração desta HQ. Desenho é isto mesmo, como em qualquer processo só se consegue aprimoramento malhando muito. A ciência da narrativa gráfica você já conhece bem, o resto vem com o tempo. Legal foi sua técnica utilizada para a perspectiva.

Comentando sua postagem anterior, tive o prazer e a honra de apertar a mão e receber do Eisner um autógrafo quando ele esteve no Brasil a muitos anos, juntamente com Joe Kubert, Howard Chaykin e outros na Escola Panamericana de Artes. Will, de longe era o mais agradável de
todos. Ele faz muita falta, não só pelo seu talento impar, mas num mundo hoje tomado e sistematicamente dominado por artistas jovens sem muito o que dizer e entupidos de arrogância.
Sinal dos tempos.

Parabéns pelo excelente trabalho e empenho.

Gilberto Queiroz disse...

Valeu, Eduardo! Sua opinião é muito importante para mim. Eu disse a mim mesmo que não iria mais postar páginas de hqs enquanto não estivessem completas, mas não têm jeito...
E o Eisner era mesmo grande. Quanta coisa nos deixou!!
Abração,