quinta-feira, janeiro 05, 2012

O presente só fica com quem o recebe

O mestre encontra-se na praça ensinando aos seus discípulos algumas lições de vida, quando se aproximaram deles alguns malfeitores. Receosos, os discípulos recuaram, mas o mestre permaneceu imóvel no meio da praça.
   Os arruaceiros começaram então a insultar o mestre, atirando-lhe pedras e  dizendo-lhe desaforos. Ele, porém, não reagia. Seus discípulos quiseram intervir, mas pararam ao sinal do mestre, que lhes pediu que nada fizessem. E assim os malfeitores, não percebendo reação alguma, cansaram-se e foram embora.
    Os discípulos então aproximaram-se do mestre e perguntaram:
   ____ Mestre, por que o senhor não reagiu aos insultos nem deixou que nós o fizéssemos? Eles eram poucos e nós somos muitos, poderíamos ter acabado com eles.
    O mestre calmamente perguntou:
  ____ Se alguém lhe trouxer um presente e você não o receber, com quem fica esse presente?
  ____ Com a pessoa que o trouxe  -- responderam todos.
  ____ Então  -- concluiu o mestre -- os malfeitores tiveram que levar seus insultos de volta, pois não os recebemos.

   Hoje, antes de sair de casa, folheando um pequeno livro da Graça, encontrei essa histórinha. O livro se chama: " Para que minha vida se transforme", de Maria Saletti e Wilma Ruggeri, Editora Verus.

Um comentário:

Celso Mathias disse...

É isso mesmo!Parabéns pela mensagem!Abração!