terça-feira, janeiro 10, 2012

Orelhas!


Desenhar pode ser uma aventura fascinante! Mas também difícil e árdua. Se somos perfeccionistas então, é pior ainda. Não nascemos sabendo... apenas nascemos com maior ou menor aptidão para o desenho. Ao contrário do que pensa a maioria das pessoas, pode-se aprender a desenhar, mesmo não tendo o chamado "dom". A prova disso é que todos "desenhamos" letras na caligrafia normal. Uns têm uma letra mais bonita que o outro, é certo, mas todos nós aprendemos a escrever na escola. Com o desenho também pode ser igual. Aprendendo as regras e macetes certos, treinando o olho e com um pouco de boa vontade, podemos fazer mais que casinhas e patinhos na lagoa estilizados.

2 comentários:

Eduardo Schloesser disse...

Rapaz, que excelente professor você é! Palavras claras e incentivadoras a qualquer um que se aventura pelo belo e tenebroso caminho das artes gráficas.
Parabéns, mandando bem como sempre.

Gilberto Queiroz disse...

Valeu, Eduardo! Fico lisonjeado. Ainda tenho muito que aprender, é claro. Alguns dos meus nortes no momento, são você e o Celso Mathias.
Abração,