quarta-feira, julho 04, 2012

O Fantasma


Personagem criado por Lee Falk e desenhado inicialmente por Ray Moore, é considerado o primeiro herói mascarado dos quadrinhos, lembrando que na época em que foi criado, Década de 30, todo quadrinho era publicado em jornais. Não havia ainda as revistas de comics. As publicações eram em formato de tiras e também as chamadas páginas dominicais. Imagine um tempo em que não havia televisão, internet e a grande mídia era o jornal diário. Os quadrinhos cumpriam uma função de divertir e atrair leitores e estes não necessariamente eram crianças, como depois quadrinhos passou a ser estigmatizado. Dois anos antes da criação do Fantasma, Lee Falk já havia criado o mágico Mandrake.
   Eu fico pensando na roupa do Fantasma e como ele deveria sofrer com o calor da floresta africana com aquela malha colada. Mas com certeza os insetos não deveriam incomodar.
   No Brasil foi publicado com a malha na cor vermelha, mas em 1989, com o lançamento de uma série em 4 episódios, saiu impresso com o uniforme na cor roxa original (ou azul, como dito na capa das revistas) e com ela, uma pesquisa junto aos leitores para decidir qual seria, por diante, a cor definitiva: vermelho ou azul (roxo). Segundo a editora (Globo), ganhou o azul.
Quem quiser ler uma postagem bem completa que acabei de achar enquanto escrevia esta, clique AQUI, para ver o que foi publicado no "Universo HQ" sobre o personagem. Achei bem completa a matéria. Boa leitura.

2 comentários:

Eduardo Schloesser disse...

O Fantasma foi um dos que me ajudaram a ter uma infância menos complicada. Grande personagem, mas não acho que funcione em dias atuais, mas isto é papo longo.
O seu desenho ficou muito bom, a sombra por trás do personagem o destaca do papel. Parabéns.

Gilberto Queiroz disse...

Eu acho as histórias divertidas e aventurescas na medida. Não são hqs super-profundas, mas funcionaram na minha infância e adolescência também. De vez em quando ainda leio.
Abração,