domingo, agosto 12, 2012

RIP Joe Kubert







Tristeza generalizada no mundo dos quadrinhos, pois mais um grande profissional acaba de partir para outro plano. Nos últimos tempos foram vários. Infelizmente. Eu era e ainda sou muito fã do Joe Kubert. Conheci seu trabalho nas antigas revistas do Tarzan, editadas pela Ebal. Eu adorava o seu desenho selvagem, em que o Tarzan transbordava energia e nobreza. Sargento Rock só viria a ler muito recentemente. Li também o seu Tex gigante e é de ficar boquiaberto com sua narrativa. Sim, narrativa. Porque fazer bem quadrinhos é muito mais que apenas desenhar boas cenas de luta. Joe Kubert tinha estilo, ótima narrativa e passava tudo isso adiante atravé da escola de arte que criou, a Joe Kubert School. Acho que todo artista e fã ficou triste, mas creio que ele era muito feliz. Passou a paixão e profissão para os filhos, Andy Kubert e Adam Kubert .Era admirado e fazia o que amava. Deve ter lutado o "bom combate".

Um comentário:

Eduardo Schloesser disse...

Grande perda. Nada fica, tudo passa.