quinta-feira, maio 16, 2013

Rabiscão

Rabiscão a caneta pincel e digital, depois de quase uma semana sem desenhar, cheio de tarefas não exatamente artísticas. Estou pintando meu espaço caseiro, e alegre por estar montando finalmente um home office decente. Trabalhar fora têm boas vantagens. Você se concentra, separa o seu lar de sua profissão, mas creio que um estúdio em casa, quando montado com discrição e um pouco reservado da casa, como estou fazendo, pode dar muito certo. Acho até que vou crescer muito, desenhar mais, estudar mais, produzir mais. Claro que tudo isso pode ser fruto de entusiasmo, mas não custa acreditar que as coisas estão caminhando.
Quando estiver pronto talvez poste as fotos por aqui.
Um grande abraço a todos e obrigado pelas visitas. Não desistam dos blogs. Facebook é muito bom, mas é como um rio caudaloso, escuro e agitado. Muito agito na superfície que não nos deixa ver o que há nas profundezas, tornando tudo meio superficial. Supre nossas necessidades de comunicação e interação, mas...
Pensem nisso. 

4 comentários:

Eduardo Schloesser disse...

Nos últimos 15, 16 anos, por aí, eu trabalhei somente em casa, tendo um espaço só para isto quando vim morar no nordeste, onde tenho um quartinho de empregada que reservei à minha bagunça e acho muito bom. Você faz seu horário, mas cuidado, tem que ser disciplinado, do contrário, faz-se muitas concessões, e quando se vai ver não rendeu como deveria. As vezes acontece comigo, tem dia que paro um pouco pra isto depois outro tanto para aquilo, e quando me dou conta, a meta do dia não foi atingida.

O desenho tá bem legal, principalmente pra um rabiscão, como você diz.

Abraços.

Gilberto Queiroz disse...

É. Esse lance das concessões vou tentar ficar de olho. Meu problema (tá, talvez não possa chamar de problema) é minhas encomendas gráficas. Quando entra, a prioridade é produzir as artes, atender os clientes e mandar rodar. O desenho sempre fica meio de lado, salvo quando tenho encomendas de retratos ou caricaturas. Espero com o estúdio caseiro, priorizar um pouco mais o desenho, usando um pouco melhor as horas vagas, entre um trabalho e outro.
Obrigado pelo elogio ao rabiscão.
Grande abraço,

André Toma disse...

Oi, Gil.
É sério que vc, às vezes, fica esse tempo sem desenhar?
Pra mim parece que vc desenha o tempo todo. rs E fico até com inveja (boa) disso.

Acho que a melhor coisa que fiz quando decidi me tornar ilustrador foi montar o estúdio em casa.
O maior problema é esse que vocês comentaram... disciplinar o horário. Não consigo até hoje. Depois que vieram os filhos então...

Ah, tenho o maior amor pelo meu blog. Dizem que o blogspot morreu, mas todos os meus contatos de trabalho ainda são por ele.
Concordo contigo sobre o Face... Acredito que no nosso ramo, o melhor é aproveitar todos os meios... blog, Flickr, Tumblr, Face... Dureza é atualizar tudo, responder a todos...

Grande abraço.

Gilberto Queiroz disse...

É verdade, André. Não desenho o tempo todo. O volume de desenho poderia ser maior (e consequentemente minha evolução também) mas é como eu disse. Preciso aproveitar melhor as horas vagas.
També acho que o blogspot não morreu. Ontem mesmo dei uma fuçada geral em blogs gringos nos links dos amigos e "quanta coisa bacana se acha"!! Inspiração e caminhos novos.
Obrigado pela atenção.
Um grande abraço e uma ótima semana,