sábado, março 01, 2014

Zé Gatão

Um singela tentativa de homenagear o personagem Zé Gatão, do amigo Eduardo Schloesser. Depois de um rascunho a lápis daqueles bem sujos (Meu traço tá ainda muito pesado) e, em que para piorar ainda mais, usei 3B, resolvi passar uma caneta pincel. Muitas vezes ainda prefiro o lápis. Por conta disso, apesar do traço sujo, tenho tentado artefinalizar direto, sem passar a limpo, na tentativa de reter um pouco da energia do grafite. Quando se passa a limpo, muitas vezes essa energia vai embora, e o trabalho final fica aquém do rascunho inicial e do que se pretendia. Por falar nisso, não pretendia muito com esse aqui. Apenas brincar um pouco com esse personagem, que é desenhado de forma monstruosamente virtuosa pelo Eduardo. O link do blog dele está nos blogs que sigo, mas pra facilitar, também AQUI. 
Bom Carnaval e feriado a todos e obrigado pelas visitas.

2 comentários:

Eduardo Schloesser disse...

Grande Gilberto! Já o fiz lá no face mas reitero aqui a milha alegria em ser homenageado por você com esta bela e forte pinup de meu personagem numa abordagem mais bem humorada.
Se traço é muito peculiar, sei que você pensa que tem muito o que aprender, e está certo, todos temos, mas este seu traço já é sua identificação no concorrido, e nem sempre justo, mundo das artes visuais. Sem fazer média, eu gosto muito.
Esta fanart brevemente estará postada no meu blog com mais considerações.
Me sinto privilegiado de ter amigos assim como você, positivo, batalhador, lutando para burilar seu talento e com muita paciência para aturar meu palavreado quase sempre com tons cinzas de depressão.
Obrigado e um abraço.

Gilberto Queiroz disse...

Oi, Eduardo! É mesmo uma honra poder fazer parte das grupo de pessoas que você chama de amigos. Sei que muitas vezes o artista é confundido com sua arte e as pessoas acabam não conhecendo, ou procurando conhecer, quem está por detrás dos traços. Alguns são idolatrados, endeusados, outros não muito compreendidos, mas, a maioria dos fãs fica na superfície da intenção e vida do artista. Eu procuro não fazer isso. Tento ver o ser humano que faz os traços.
Obrigado pelos elogios ao meu traço. Pode crer, me fortalece muito
Um grande abraço.