quinta-feira, junho 05, 2014

Digital na HQ

Página do roteiro do Wilde Portela que fiz quase totalmente digital. Rafeei algumas cenas, mas a definição e arte final fiz no Paint Tool Sai. Queimei assim uma das etapas, a do lápis definido. Pena que ainda esteja meio lento. Gostei porém, muito das possibilidades. Talvez faça as páginas restantes (serão poucas) seguindo essa dinãmica.
Obrigado a todos pelas visitas.

2 comentários:

Eduardo Schloesser disse...

Legal mesmo, Gil!
Desconheço o Paint Tool, aliás, não manjo nada destas modernidades. Sou um dinossauro dos lápis e pincéis.

Gilberto Queiroz disse...

Eu estou só engatinhando nessas de mister digital, Eduardo. Meu sonho é aprender o Mangá Studio, que parece bem mais completo para fazer HQ. Mexi um pouco, mas achei difícil. O Paint Tool é mais suave. Grande abraço!