segunda-feira, agosto 04, 2014

Batman incomum


 Um pouquinho do processo desta pequena brincadeira como o Morcegão. Aguada de nanquim e pincel com toques de nanquim puro. Usei referência, mas mudo bastante a foto(aliás, deve-se fazer isso. A foto é apenas um ponto de partida.)
Ótima semana a todos e obrigado pelas visitas.



2 comentários:

Eduardo Schloesser disse...

Ficou ótima esta leitura do Bátima. Mas embora você diga que é uma imagem pouco comum, eu já acho que é mais normal do que se pensa. Não é de hoje que artistas brincam com estes ícones, deixando-os gordos ou velhos senis.
Aguada de nanquim para mim é um pesadelo, hoje em dia só faço se for por encomenda, ô técnica para dar dor de cabeça!
Abraços.

Gilberto Queiroz disse...

Obrigado, Eduardo. É verdade. Os super heróis são mesmo um motivo à parte dos desenhistas e ilustradores. Aguada é osso mesmo. Gosto às vezes do resultado final, mas na hora de escanear, acaba não valendo muito a pena. Talvez comprando um escanner decente...
Grande abraço!